Total de visualizações de página

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

FLOR MINHA


Fazia-se Verao
andorinhas rasgavam o céu
vi-te entao meu senhor
embalado no teu véu

Choravas
criança sem fiança
uma lágrima escondida na mao
outra caída sem esperança

Homem grande que lamentas
tu, tao forte, que tristeza alimentas
neste fim-de-tarde de calmia?

Senta no meu colo pequenina
num abraço sentirás o que me aleija
Jamais pises uma flor, ouviste?
por mais pequenina que ela seja

FatMarinh®


domingo, 10 de fevereiro de 2013

APITA-O-COMBOIO


Descobri no cabelo branco
um menino que ria

apita-o-comboio-lá- vai -a- apitar


Viajou no meu corpo
e que bem se movia
Vivia numa muralha
com quadros e livros antigos

E para lá voltou recusando 
novos e velhos amigos
Descobri no cabelo branco
um menino que ria

Enrolou-se no meu manto
fantasma menino já não se via

FatMarinh®