Total de visualizações de página

domingo, 10 de fevereiro de 2013

APITA-O-COMBOIO


Descobri no cabelo branco
um menino que ria

apita-o-comboio-lá- vai -a- apitar


Viajou no meu corpo
e que bem se movia
Vivia numa muralha
com quadros e livros antigos

E para lá voltou recusando 
novos e velhos amigos
Descobri no cabelo branco
um menino que ria

Enrolou-se no meu manto
fantasma menino já não se via

FatMarinh®

4 comentários:

  1. A doçura dos versos
    faz ver rejuvenescer o menino maduro
    que no outono da vida se encontra com a primavera
    Sublime y@r@ !!!
    besOSMen@

    ResponderExcluir
  2. Muito doce! Parabéns por este novo cantinho que nasce!
    Vou seguir!

    ResponderExcluir